Carta Aberta da Assembleia setorial da Adusp/FFLCH, 16 de novembro de 2011

Partindo da compreensão que os episódios de violência ocorridos
recentemente no campus da Universidade de São Paulo/capital decorrem
da falta de democracia na USP, os docentes, reunidos em 16 de
novembro, manifestam:

1.      repúdio a todo e qualquer ato de violência;

2.      respeito ao direito de manifestação e organização de maneira livre
e autônoma a todos os segmentos que compõem a universidade.

Desse entendimento a assembleia deliberou por organizar debates sobre
democratização na universidade bem como formas de alcançá-la.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: